Não gosto do álcool gel, como posso substituir?

Conheça soluções comprovadamente eficazes contra a COVID-19 que o mercado já oferece e porque elas podem ser uma boa alternativa ao álcool gel 

Um ano após o surgimento do primeiro caso de COVID-19 e mesmo com o início da aplicação das tão esperadas vacinas, ainda é cedo para prever quando finalmente poderemos deixar de nos preocupar em usar máscaras de proteção e utilizar o álcool em gel na vida diária.

Indiscutivelmente, a assepsia se tornou um dos principais aliados no combate a propagação do novo coronavírus por vários motivos. Passada a escassez do primeiro mês gerada pela demanda inesperada, o preço do álcool é baixo, pode ser facilmente encontrado e sua ação é realmente eficaz. 

Apesar de todas essas vantagens, é comum conhecermos pessoas que não gostam ou não podem utilizar o produto, seja porque têm alguma alergia a sua fórmula, por ser inflamável e poder causar acidentes, ou mesmo porque usa tanto que já sente a desidratação e sensibilidade das áreas em que precisa aplicar com regularidade. 

Mas o mercado também se desenvolveu nesse período e hoje já é possível encontrar outras opções de soluções comprovadamente tão eficazes em termos de proteção e com qualidades que o álcool gel não possui. Confira: 

* ação hidratante – o creme Dux Defender possui em sua fórmula Manteiga de Karité e Óleo de Girassol e o spray contém extrato de Aloe Vera, fornecendo ação hidratante e nutritiva para a pele a partir da primeira aplicação. Além disso, os produtos possuem uma fragrância agradável e não deixam a pele oleosa como o álcool em gel. 

* proteção de até 4 horas – o princípio ativo encontrado nos itens da linha Dux Defender é o Cloreto de Benzalcônio, sal utilizado como antisséptico, bactericida, para desinfecção da pele e pós queimadura muito utilizado pela indústria de cosméticos. Com fórmula inovadora, os produtos quebram a camada lipídica de gorduras de germes, bactérias e vírus, como o novo coronavírus e H1N1, desativam sua resistência, proporcionam assepsia imediata e criam uma película protetora por até 4h. 

* dermatologicamente testados – a linha Dux Defender é hipoalergênica, atóxica, não corrosiva e dermatologicamente testada, podendo ser utilizada por qualquer tipo de pele. Mesmo assim, é importante procurar um médico e suspender o uso no caso de qualquer reação adversa. 

* não inflamável – tanto o creme hidratante como o spray antisséptico podem ser utilizados tranquilamente sem medo de contato com o fogo, pois ambos não possuem nenhum produto inflamável em sua fórmula. Uma proteção a mais, principalmente para crianças. 

* não mancha roupas e objetos – ao contrário do álcool gel, que pode danificar e manchar roupas, objetos de plástico, borracha e acrílico, o spray Dux Defender pode ser borrifado tranquilamente em qualquer uma dessas superfícies, além de roupas, mãos e cabelos, sem medo de manchas. 

Confira na arte um comparativo entre a linha Dux Defender e o álcool gel: 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.